segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Sou aquele elemento particular,autista,em fase de amadurecimento.
A vida nunca nos mostra a realidade conforme ela é, fazemos planos e sonhamos todos os dias com tantos prazeres,mas eles sempre são jogados aos tubarões.
Nos pedem o melhor todos os dias,mas ás vezes vejo que o possível para tantos é impossível para mim,sinto prazer,sinto carência,sinto tudo aquilo de ruim,e sempre as coisas ruins me atrairam muito conforme os dias.
Sinto que chego ao êxtase,mas me vejo no fundo do poço novamente.Ah cabeça difícil,sempre em metamorfose para melhores dias,mas sempre quero mais,exijo demais,e não sei como parar isso.
Quero gritar ao mundo,declarar os meus sentimentos e os meus pensamentos!
Quero,mas esse verbo nunca me deixa prosseguir.É muito mais fácil colocar culpa em palavras,do que enfrentar a própria ignorância.

Nenhum comentário: